SEA APRESENTA PROGRAMA DE OLHO NO LIXO BAÍA DE GUANABARA E ENCANTA PREFEITOS DE TODO O PAÍS DURANTE ENCONTRO EM BRASÍLIA

Iniciativa inédita foi mostrada no IV EMDS. Projetos de moda e música atraem a atenção dos participantes do evento

O programa De Olho no Lixo Baía de Guanabara, uma iniciativa da Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro com parceria do Banco Interamericano de Desenvolvimento  (BID) e do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam) foi apresentado pela primeira vez fora do Estado do Rio de Janeiro. A iniciativa inédita foi exposta a prefeitos de todo o Brasil durante o IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, maior evento de sustentabilidade urbana no Brasil, que promove o diálogo com os gestores municipais sobre a vida e os problemas das cidades e está sendo realizado em Brasília até o dia 28 de abril.

Parceiros do programa participaram de uma das mesas de debates e exibiram o trabalho sobre Estratégias Inovadoras para Comunidades com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). O De Olho no Lixo atua de forma integrada em ações de educação e sensibilização para evitar o lançamento de resíduos sólidos na Baía de Guanabara.

 O programa capacitou e chancelou jovens das comunidades Roquete Pinto e Praia de Ramos, no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, a assumirem o compromisso de serem os protetores da Baía de Guanabara, por meio de um plano de educação ambiental construído por eles.

Os jovens também participaram de oficinas de arte educação – Ecomoda e Funk Verde –como atividades complementares ao programa, criando instrumentos musicais, roupas e acessórios a partir de material reaproveitado. Nesta terça-feira, 25 de abril, cerca de 70 alunos do Instituto Federal de Brasília conheceram como esse trabalho é feito. O Funk Verde ofereceu oficinas de possibilidades sonoras e percepção rítmica e mostrou como reaproveitar materiais retirados do lixo para a confecção de instrumentos musicais.

Já o Ecomoda, voltado para a capacitação em produção de acessórios e peças de vestuário, também utilizando material reaproveitado, promoveu uma oficina de reaproveitamento de vestuário em um dos espaços do encontro.

Durante o evento, houve um desfile com a coleção produzida pelos alunos do projeto  que é desenvolvido na comunidade Roquete Pinto utilizando como matéria prima redes de pesca. Os modelos gentilmente cedidos pelo coletivo de turbantes  Yalode  Brasil desfilaram  ao som  do Funk Verde. O desfile finalizou com a apresentação de um Flash Mobile, que chamou a atenção de todos os presentes ao evento.

Realizado pela FNP em parceria com o Sebrae, a quarta edição do EMDS acontece até o dia 28 de abril de 2017, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília/DF.

Contatos

*

 

 

Unidade Executora - UEPSAM

Contato:
Tel. 21 3575-5679 ou 3575-5680
Atendimento: de segunda a sexta-feira:
Das 9 às 18 horas

E-mail: ascom@psam.eco.br

 

ASCOM - Assessoria de Imprensa SEA

Contato:
Tel. 21 2332-5625 ou 2332-5615
Atendimento: de segunda a sexta-feira:
Das 9 às 18 horas

E-mail: ascom.ambiente@gmail.com

 

OBRAS

Coletor Tronco Cidade Nova
Tel. 0800 024 8499
E-mail: falecom@psam.eco.br

Sistema de Esgotamento Alcântara
Tel. 3600-7540 ou 3600-7559
Email: falecom@sag.com.br