APRESENTAÇÃO MUSICAL COM INSTRUMENTOS RECICLADOS ALERTA PARA A NECESSIDADE DO DESCARTE ADEQUADO DO LIXO

Alunos do Funk Verde, do Programa De Olho no Lixo, da Secretaria do Ambiente, participaram do evento esportivo Rei e Rainha do Mar, na praia de Copacabana

Rio de Janeiro, 12 de dezembro de 2016 - Alunos do curso Funk Verde, do Programa De Olho no Lixo, participaram, na sexta-feira (9/12), de uma apresentação musical com o uso de instrumentos criados a partir do reaproveitamento de resíduos sólidos, na praia de Copacabana, na altura do posto 5. A iniciativa teve a participação de atletas de elite que disputaram, neste domingo (11/12), a terceira etapa da Competição Aquática Rei e Rainha do Mar 2016. O descarte adequado do lixo é de fundamental importância para a preservação do meio ambiente e para a despoluição da Baía de Guanabara. O Programa De Olho no Lixo é uma das ações da Secretaria do Ambiente para ajudar a mitigar o problema.

Ao som do Funk Verde, os atletas ensaiaram passos, dançaram e arriscaram tocar alguns dos instrumentos. A nadadora Poliana Okimoto aprovou a iniciativa: "É sensacional um projeto recolher o lixo e transformá-lo em algo positivo", disse Poliana Okimoto. “A participação dos atletas foi muito positiva. Eles aprovaram a iniciativa e destacaram a importância do projeto para a preservação do meio ambiente”, comentou a coordenadora do curso Funk Verde, Regina Café.

Um estande com peças de vestuário, bolsas e acessórios produzidos pelos alunos do curso Ecomoda, do Projeto de Olho no Lixo, foi montado e os participantes da competição puderam conhecer melhor a iniciativa, ao buscarem seus kits para a prova, no Arena Leme Hotel, em Copacabana.  As peças foram produzidas com resíduos sólidos que teriam como destino a lata do lixo.

Fruto de cooperação técnica entre a Secretaria de Estado do Ambiente e o Viva Rio Socioambiental, com apoio da Associação dos Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj), o Programa De Olho no Lixo desenvolve trabalho de manejo correto dos resíduos sólidos na Rocinha, visando minimizar o impacto negativo provocado pelo lixo no meio ambiente.

Além da coleta de lixo, que é realizada por 30 agentes socioambientais, o De Olho no Lixo tem outro eixo de atuação, que é o de educação ambiental, cultura e comunicação. São desenvolvidos na comunidade dois cursos gratuitos: Funk Verde, que oferece oficinas de percussão, teoria musical  e confecção de instrumentos a partir do reaproveitamento de materiais retirados do lixo; e o Ecomoda, voltado para a capacitação em produção de acessórios e peças de vestuário, a partir do reaproveitamento de retalhos, tecidos, jeans usados e banners. Nos últimos sete meses, foram recolhidas 338 toneladas de lixo em pontos estratégicos da Rocinha.

PSAM

O Programa de Saneamento Ambiental dos Municípios do Entorno da Baía de Guanabara – PSAM, foi criado por meio de um contrato de financiamento do Governo do Estado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O Programa tem a coordenação da Secretaria do Ambiente e o objetivo de ampliar o saneamento ambiental dos municípios do entorno da Baía de Guanabara por meio de obras de saneamento básico, e da criação de um novo modelo de governança para a Baía. 

Contatos

*

 

 

Unidade Executora - UEPSAM

Contato:
Tel. 21 3575-5679 ou 3575-5680
Atendimento: de segunda a sexta-feira:
Das 9 às 18 horas

E-mail: ascom@psam.eco.br

 

ASCOM - Assessoria de Imprensa SEA

Contato:
Tel. 21 2332-5625 ou 2332-5615
Atendimento: de segunda a sexta-feira:
Das 9 às 18 horas

E-mail: ascom.ambiente@gmail.com

 

OBRAS

Coletor Tronco Cidade Nova
Tel. 0800 024 8499
E-mail: falecom@psam.eco.br

Sistema de Esgotamento Alcântara
Tel. 3600-7540 ou 3600-7559
Email: falecom@sag.com.br